EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica VIII EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (22 à 25 de Outubro de 2013)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/4307
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorPOLLI, Andressa Domingos-
dc.creatorRHODEN, Sandro Augusto-
dc.creatorGARCIA, Adriana-
dc.creatorPOLONIO, Julio Cesar-
dc.creatorSANTOS, Caroline Menicoze dos-
dc.creatorPAMPHILE, João Alencar-
dc.date.accessioned2020-01-16T14:50:13Z-
dc.date.available2020-01-16T14:50:13Z-
dc.date.issued2013-10-22-
dc.identifier.isbn978-85-8084-603-4-
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/4307-
dc.description.abstractMicrorganismos endofíticos são fungos ou bactérias que colonizam o interior de tecidos ou órgãos vegetais das plantas, sem causar danos ou doenças nas plantas, contrariamente manifestam algumas vantagens ao hospedeiro, protegendo- o contra o ataque de insetos e moléstias.Durante o processo de colonização da planta pelo endófito, ocorre a ativação do sistema de defesa da planta, causando um aumento da resistência desta contra patógenos. O caupi(Vigna unguiculata L.) é uma cultura importante em diversas regiões tropicais e subtropicais. A sarna do caupi ocorre em praticamente todos os estados brasileiros produtores desta leguminosa e é causada pelo fungo Sphaceloma sp. (pertence à família Moniliaceae), anamorfo de Elsinoe phaseoli. A planta medicinal Trichilia elegans A. Juss. pertence a família Meliaceae, sendo que algumas plantas deste gênero são utilizadas no Brasil na medicina popular para o tratamento de reumatismo, malária, para provocar vômito e também possui caráter purgativo. O objetivo neste trabalho foi avaliar a atividade antagonística in vitro de bactérias endofíticas isoladas de folhas de Trichilia elegans contra o fitopatógeno Sphaceloma sp.Para realização do teste foram utilizadas quatro linhagens de bactérias endofíticas isoladas de folhas de Trichilia elegans (Isolados: 76, 79, 83 e 84) e o fitopatógeno Sphaceloma sp. Em relação às bactérias endofíticas isoladas das folhas de Trichilia elegans, os índices de antagonismo (Im) foram de: 6,64% (isol. 76), 7,65% (isol. 79) e 31,6% (isol. 84) já o isolado 83 não apresentou inibição. Futuros estudos são necessários para evidenciar o real potencial no controle deste fitopatógeno.pt_BR
dc.languagepor-
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectControle biológicopt_BR
dc.subjectMicrorganismos endofíticospt_BR
dc.subjectSphaceloma sppt_BR
dc.subjectTrichilia eleganspt_BR
dc.titleBACTÉRIAS ENDOFÍTICAS ISOLADAS DE FOLHAS DE Trichilia elegans E SEU POTENCIAL ANTAGÔNICO NO CONTROLE DO FITOPATÓGENO Sphaceloma sp.pt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.initialsUNICESUMAR-
Aparece nas coleções:VIII EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (22 à 25 de Outubro de 2013)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Andressa_Domingos_Polli_02.pdfTrabalho apresentado na modalidade painel no VIII Encontro Internacional de Produção Científica (22 a 25 de outubro de 2013)300.47 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.