EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica XI EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (29 à 30 de Outubro de 2019)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/4142
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorMEIRELES, Amanda de Brito-
dc.creatorMEYER, Katlyn Barp-
dc.date.accessioned2020-01-13T10:48:22Z-
dc.date.available2020-01-13T10:48:22Z-
dc.date.issued2019-10-30-
dc.identifier.isbn978-85-459-1960-5-
dc.identifier.issn2594-4991-
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/4142-
dc.description.abstractDisfunções reprodutivas vêm se mostrando mais frequentes entre seres humanos, o que pode ser resultado da exposição a desreguladores endócrinos (DE) com ação antiandrogênica ou estrogênica, como os ftalatos, amplamente utilizados em materiais plásticos. Durante a fase fetal, os indivíduos expostos a essas substâncias são mais suscetíveis, principalmente os do sexo masculino expostos durante a fase de masculinização fetal. A distância anogenital (AGD) é um parâmetro estável e dimórfico, maior em machos do que em fêmeas, utilizado como variável em associação com a exposição aos desreguladores endócrinos e doenças reprodutivas. Os animais domésticos também estão expostos aos DE da mesma forma que os seres humanos e os efeitos decorrentes dessa exposição são similares, razão pela qual é relevante avaliar a AGD nestes animais, que estão sendo cogitados como possíveis sentinelas da exposição humana. Mensuramos a AGD em cães e gatos de organizações não-governamentais e de tutores particulares a fim de aperfeiçoar a técnica de medição e sua padronização. O índice anogenital foi calculado para padronizar a AGD em relação ao peso corporal do animal. Nosso estudo aponta que a AGD em gatos é uma medida dimórfica e de fácil medição, que não tem correlação com o peso corporal do indivíduo, nesta espécie; enquanto que, nos cães, não foi obtido o dimorfismo esperado entre machos e fêmeas, sendo necessária a modificação da técnica utilizada para medição, a fim de obter resultados confiáveis.pt_BR
dc.languagepor-
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectAção antiandrogênicapt_BR
dc.subjectDesreguladores endócrinospt_BR
dc.subjectDisfunções reprodutivaspt_BR
dc.subjectFtalatospt_BR
dc.titleMEDIDA DA DISTÂNCIA ANOGENITAL EM CÃES E GATOSpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.initialsUNICESUMAR-
Aparece nas coleções:XI EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (29 à 30 de Outubro de 2019)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Amanda de Brito Meireles.pdfTrabalho apresentado na modalidade comunicação oral no XI Encontro Internacional de Produção Científica (29 a 30 de outubro de 2019)345.25 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.