EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica XI EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (29 à 30 de Outubro de 2019)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/4120
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorEBERLE, Maria Eduarda Lopes-
dc.creatorSANTOS, Jociéli Clara Conceição dos-
dc.creatorMARCOLINO, Vanessa Aparecida-
dc.date.accessioned2020-01-10T19:22:51Z-
dc.date.available2020-01-10T19:22:51Z-
dc.date.issued2019-10-30-
dc.identifier.isbn978-85-459-1960-5-
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/4120-
dc.description.abstractA cafeína é a substância psicoativa mais consumida do mundo, sendo o café o alimento com cafeína mais consumido, apresentando usos em diversos setores das indústrias de bebidas, farmacêutica e alimentícia, por este motivo o presente projeto tem como característica principal realizar uma pesquisa de controle de qualidade relativa a teores de cafeína detectados em chás prontos e averiguar se os mesmos atendem a legislação que preconiza um teor máximo de 350mg/L, para isso foi utilizada a metodologia de extração Oficial, proposta pela A.O.A.C.A partir de dados espectrofotométricos das extrações, foram feitos de concentração de cafeína em mg/L.As amostras analisadas possuíram repetibilidade entre si, não sendo verificada diferença significativa dentro do mesmo lote e entre os lotes ao nível de 5% de probabilidade, no entanto, os teores de cafeína encontrados nas amostras analisadas foram em média 639,45, para o lote A, 664,02 para o lote B, e 686,13 para o lote C, todos os valores estão acima do máximo estabelecido pela legislação, em média verificou- se 89,72% a mais de cafeína nas amostras o que pode causar problemas de saúde já que a grande ingestão da cafeína pode acarretar doenças como gastrite, úlcera, esofagite entre outras, ainda mais que essas bebidas são acrescidas a outros níveis de consumo de cafeína já utilizado pelos indivíduos no seu dia a dia. Dessa forma verifica- se a importância dos órgãos governamentais realizarem as verificações e o controle de qualidade das bebidas disponibilizadas no mercado para que a saúde dos consumidores possa ser resguardada.pt_BR
dc.languagepor-
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectCafeínapt_BR
dc.subjectANVISApt_BR
dc.subjectOficialpt_BR
dc.subjectSolventept_BR
dc.titleControle dos teores de cafeína em chás - mates industrializados, comercializados na região noroeste do Paranápt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.initialsUNICESUMAR-
Aparece nas coleções:XI EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (29 à 30 de Outubro de 2019)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MARIA EDUARDA LOPES EBERLE.pdfTrabalho apresentado na modalidade painel no XI Encontro Internacional de Produção Científica (29 a 30 de outubro de 2019)145.74 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.