EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica XI EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (29 à 30 de Outubro de 2019)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/4082
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorPIRAN, Nathália de Souza-
dc.creatorNOVOSSAD, Rafael-
dc.creatorSILVA, Wanderson Fortunato Loiola-
dc.creatorRETTIG, Bárbara D'Eleotério-
dc.date.accessioned2020-01-10T14:27:38Z-
dc.date.available2020-01-10T14:27:38Z-
dc.date.issued2019-10-29-
dc.identifier.isbn978-85-459-1960-5-
dc.identifier.issn2594-4991-
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/4082-
dc.description.abstractA importância da interpretação hermenêutica da norma jurídica aborda aspectos construtivos, como: linguagem, linguística e logica. Por meio da analise normativa que se “da vida” a norma. Para analise dos termos trazidos pelo legislador, se faz necessária a investigação da interpretação dentro do tempo e espaço, levando em conta fatos influenciadores dentro da construção e interpretação do ordenamento, para que, concluindo sobre uma proposição legal, seja esta a mais próxima da realidade para a qual a norma foi escrita e interpretada. Embasado na interpretação hermenêutica da linguagem, partindo da teoria emergente do livro Tratactus Logico-Philosophicus, de Wittgnenstein, evidenciando o tema abordado, verifica-se a importância das investigações para o autor, que se da no mundo fático, ocorrendo neste a totalidade dos fatos, que dentro de um espaço logico e temporal encontra-se inseridos no mundo. Analisa-se o pressuposto que os fatos descrevem a realidade, utilizando da figuração para “montar” a correspondência dos objetos ou fatos, exprimindo a realidade apreendida. Para Wittgnenstein, a correspondência entre figuração e realidade configura a forma logica, representando o sentido. Com a finalidade de analisar um termo jurídico dentro do tempo e espaço, pauta-se a pesquisa pela linha de linguagem e figuração apresentada pelo filósofo, bem como pelos princípios constitucionais basilares da Administração Pública, no âmbito do constituinte de 1988, mostrando a expressão dos anseios em delimitar o norte do ente, e em seguida na construção a interpretação da norma dentro do caso concreto e da contemporaneidade.pt_BR
dc.languagepor-
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectConstituição Federalpt_BR
dc.subjectLinguagempt_BR
dc.subjectNorma jurídicapt_BR
dc.subjectOrdenamento jurídicopt_BR
dc.titleA INTERPRETAÇÃO HERMENEUTICA DOS PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA A PARTIR DA CONSTRUÇÃO E ANALISE DOS SIGNIFICADOS EM WITTIGENSTEINpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.initialsUNICESUMAR-
Aparece nas coleções:XI EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (29 à 30 de Outubro de 2019)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Nathália de Souza Piran.pdfTrabalho apresentado na modalidade painel no XI Encontro Internacional de Produção Científica (29 a 30 de outubro de 2019)177.59 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.