EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica XI EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (29 à 30 de Outubro de 2019)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/3498
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorVIDO, Felipe Cardoso Tarifa-
dc.creatorSCHIAVI, Sandra Mara de Alencar-
dc.creatorGUIMARÃES, Amanda Ferreira-
dc.creatorSANTOS, Elvis Silvestre dos-
dc.creatorCHAVES, Priscilla Tiara Torrezan-
dc.creatorFARIA, Nathália Caroline-
dc.date.accessioned2019-12-11T12:54:58Z-
dc.date.available2019-12-11T12:54:58Z-
dc.date.issued2019-10-29-
dc.identifier.isbn978-85-459-1960-5-
dc.identifier.issn2594-4991-
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/3498-
dc.description.abstractO Brasil é um dos principais países no agronegócio mundial, destacando - se como o maior produtor e exportador de café do mundo, sendo o Paraná o sexto maior produtor de café brasileiro. O agronegócio é um conjunto de Sistemas Agroindustriais, dentre eles o Sistema Agroindustrial (SAG)do café, formado por agentes envolvidos desde a fabricação dos insumos, produção nas propriedades rurais,processamento e distribuição de produtos agrícolas.O SAG do café no Paraná é consolidado,entretanto sofreu mudanças nas últimas décadas.Três regiões paranaenses são as mais importantes para a cafeicultura do estado: Norte Pioneiro, Norte Central e Noroeste. A região Norte Central se destaca por ser a segunda maior região produtora de café do estado e iniciante na produção de cafés especiais.Entende - se que a caracterização da cafeicultura é importante para estudos de configuração da cadeia de cafés no Paraná.Para tanto, o objetivo do presente trabalho consistiu em caracterizar a cafeicultura da região Norte Central Paranaense.A pesquisa, qualitativa, envolveu a aplicação de 30 questionários com produtores da região Norte Central Paranaense. Como resultados observou- se que a cafeicultura Paranaense teve uma redução significativa em área destinada à produção de cafés e que os produtores da região Norte Central Paranaense são predominantemente homens, agricultores familiares, de baixa renda e de pendentes do café para sobrevivência. Conclui - se que apesar da queda na produção, os produtores dessa região dependem dessa cultura, indicando a emergência de sistemas alternativos mais rentáveis.pt_BR
dc.languagepor-
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectAgronegóciopt_BR
dc.subjectCadeias produtivaspt_BR
dc.subjectCafépt_BR
dc.subjectParanápt_BR
dc.subjectSistemas agroindustriaispt_BR
dc.titleCARACTERIZAÇÃO DA CAFEICULTURA DO NORTE CENTRAL PARANAENSEpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.initialsUNICESUMAR-
Aparece nas coleções:XI EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (29 à 30 de Outubro de 2019)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
FELIPE CARDOSO TARIFA VIDO.pdfTrabalho apresentado na modalidade comunicação oral no XI Encontro Internacional de Produção Científica (29 a 30 de outubro de 2019)394.85 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.