EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica XI EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (29 à 30 de Outubro de 2019)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/3448
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorOLIVEIRA, Julio Rodrigues de-
dc.creatorSILVA, Rafael Veloso da-
dc.creatorRADI, Lucas Salvador-
dc.creatorBORSATO, Victor da Assunção-
dc.date.accessioned2019-12-10T17:16:59Z-
dc.date.available2019-12-10T17:16:59Z-
dc.date.issued2019-10-29-
dc.identifier.isbn978-85-459-1960-5-
dc.identifier.issn2594-4991-
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/3448-
dc.description.abstractNo Brasil, há variabilidade climática, dado que, o país é de grande extensão territorial. Atuam na dinâmica climática cinco massas de ares: A massa Equatorial continental (mEc), a massa Equatorial atlântica (mEa), a massa Tropical continental (mTc), a massa Polar atlântica (mPa), a massa Tropical atlântica (mTa) e os Sistemas Frontais (SF). O objetivo dessa pesquisa, foi contabilizar a participação dessas massas de ares, a partir de quatorze localidades que circunscreve o território brasileiro, tendo a perspectiva regional- nacional por tempo cronológico da atuação,nos meses de janeiro e julho de 2017. Nesta pesquisa, baseamos na metodologia proposta por Pédelaborde (1970), e nas técnicas de Borsato (2006) que,consistem na identificação dos sistemas atmosféricos, por meio da leitura e interpretação das cartas sinóticas da Marinha do Brasil e nas imagens de satélite no canal infravermelho do CPTEC- INPE. Os resultados foram organizados em planilhas do Excel® e se atribuiu valores numéricos os quais foram convertidos em porcentagens, estes resultados foram especializados em mapas climáticos por meio do software Qgis. Evidenciou - se a partir dos resultados que as massas de ares, atuam com maior força nas proximidades de sua região de origem, e perdem força, ou se ampliam ao restante do país conforme as condições momentâneas da atmosfera, todas as massas oscilam em escala diária,possuindo uma ampla variabilidade espacial e temporal, no entanto, em uma mesma localidade podem estacionar durante dias, ou até meses.pt_BR
dc.languagepor-
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectAtributos climáticospt_BR
dc.subjectEstados do tempopt_BR
dc.subjectClimatologia geográficapt_BR
dc.titleA PARTICIPAÇÃO DAS MASSAS DE ARES NO BRASIL NOS MESES DE JANEIRO E JULHO DO ANO DE 2017pt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.initialsUNICESUMAR-
Aparece nas coleções:XI EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (29 à 30 de Outubro de 2019)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JULIO RODRIGUES DE OLIVEIRA.pdfTrabalho apresentado na modalidade comunicação oral no XI Encontro Internacional de Produção Científica (29 a 30 de outubro de 2019)996.74 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.