EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica IX EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (03 à 06 de Novembro de 2015)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/3222
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorCAVINA, Thairiane Justino-
dc.creatorCANASSA, Letícia Novaes-
dc.creatorMARIM, Marlos-
dc.creatorWITTIG, Daniela Saldanha-
dc.creatorMACHADO, Michelle Cardoso-
dc.creatorCOLOSIO, Renata Capellazzo-
dc.date.accessioned2019-11-28T11:58:00Z-
dc.date.available2019-11-28T11:58:00Z-
dc.date.issued2015-11-04-
dc.identifier.isbn978-85-8084-996-7
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/3222-
dc.description.abstractPosturapode ser definida como uma posição ou atitude do corpo. As alterações posturais e dores na coluna vertebral em crianças podem possuir origens multicausais.O comportamento postural das crianças durante ensino fundamental é o grande responsável por alguns hábitos posturais incorretos adotados.Estudos realizados recomendam que o peso da mochila não deva exceder de 10% a 15% do peso correspondente do aluno.Sendo assim, este trabalho teve por objetivo, analisar o modelo, o modo de transportar, e a carga transportada em mochilas dos alunos além da presença de alterações posturais e as possíveis correlações existentes. A coleta de dados foi realizada nas dependências do próprio Colégio durante os meses de setembro a novembro de 2014. Foi utilizada uma balança para pesagem dos alunos e das mochilas,Simetrógrafo, ainda aplicou-se um questionário estruturado composto por 15 questões com alternativas e uma ficha de avaliação.Para o registro e análise dos dados utilizou-se o pacote estatístico computacional Statistical Package for the Social Sciences. As alterações mais frequentes foram a hipercifose dorsal 84,3% seguida da hiperlordose lombar com 66,7%. Também pode se observar uma grande incidência de anteriorização de cabeça 96,1%. Alterações posturais não estão apenas relacionadas com peso das mochilas ou modo a qual elas são carregadas, mas também com os hábitos cotidianos. A participação de um profissional Fisioterapeuta em escolas pode ser de grande importância, uma vez que desperta a curiosidade e o interesse em adquirir uma postura adequada.pt_BR
dc.languagepor-
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectAlterações posturaispt_BR
dc.subjectErgonomiapt_BR
dc.subjectMochilas de escolarespt_BR
dc.titleANÁLISE DAS ALTERAÇÕES POSTURAIS E O USO DE MOCHILAS EM ESCOLARES DO ENSINO FUNDAMENTALpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.initialsUNICESUMAR-
Aparece nas coleções:IX EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (03 à 06 de Novembro de 2015)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
thairiane_justino_cavina_1.pdfTrabalho apresentado na modalidade painel no IX Encontro Internacional de Produção Científica (03 a 06 de novembro de 2015)287.06 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.