EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica IX EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (03 à 06 de Novembro de 2015)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/2401
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorMOREIRA, Felipe Gutierre-
dc.creatorSILVA, Alex Gomes da-
dc.creatorMELO, Willian Augusto de-
dc.date.accessioned2019-09-11T20:12:31Z-
dc.date.available2019-09-11T20:12:31Z-
dc.date.issued2015-11-03-
dc.identifier.isbn978-85-8084-996-7-
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/2401-
dc.description.abstractAs doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) estão entre as principais causas de busca por assistência no mundo, apresentando elas crescente significativa entre a população de terceira idade nos países em desenvolvimento com consequências econômicas, sociais e sanitárias importantes. O objetivo deste estudo foi descrever o nível de conhecimento de um grupo de idosos sobre DSTs e suas formas de prevenção. Participaram deste estudo 60 pessoas idosas de 60 anos ou mais de ambos os sexos, residentes do município de Astorga-PR, que frequentam um centro de convivência. A coleta de dados ocorreu por meio de um questionário elaborado por Matsuoka (2006), contendo perguntas abertas e fechadas referentes a informações sociodemográficas, conhecimento prévio, vida sexual, opinião pessoal e formas de prevenção das doenças sexualmente transmissíveis. Relataram possuir vida sexual ativa 56,7% dos entrevistados e 98% demonstraram saber que relação sexual sem proteção pode transmitir DSTs, porém admitiram que em determinadas fases ocorresse uma predominância do não uso. Para 50% dos idosos os meios de comunicação e palestras educativas são suficientes para informar a população sobre as DSTs. HIV/AIDS foi a principal DST citada na qual os idosos possuem maior conhecimento. Verificou-se por relatarem em possuir vida sexual ativa faz-se necessário maior destaque e planejamento político para a realização de uma reeducação sexual na população idosa com finalidade de romper preconceitos tanto individuais como sociais além de prevenir eficazmente as DSTspt_BR
dc.languagepor-
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectDoenças Sexualmente Transmissíveispt_BR
dc.subjectIdosopt_BR
dc.subjectSexualidadept_BR
dc.subjectEnfermagempt_BR
dc.titleCONHECIMENTO SOBRE DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS ENTRE IDOSOS EM MUNICÍPIO DO NOROESTE PARANAENSEpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.initialsUNICESUMAR-
Aparece nas coleções:IX EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (03 à 06 de Novembro de 2015)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CONHECIMENTO SOBRE DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS ENTRE IDOSOS EM MUNICÍPIO DO.pdfTrabalho apresentado na modalidade comunicação oral no IX Encontro Internacional de Produção Científica (03 a 06 de novembro de 2015)536.78 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.