EVENTOS Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica IX Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica e II Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação 2018
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/2233
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorMAINARDES, Veridiana Catelan-
dc.creatorCATELAN- MAINARDES, Sandra Cristina-
dc.creatorMILANI, Rute Grossi-
dc.date.accessioned2019-08-26T19:35:13Z-
dc.date.available2019-08-26T19:35:13Z-
dc.date.issued2018-10-23-
dc.identifier.isbn978.85.459.1280-4-
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/2233-
dc.description.abstractO envelhecimento populacional é um fenômeno universal e presente nas sociedades modernas, sendo característico tanto dos países desenvolvidos, a exemplo de Portugal, como, de modo crescente, dos países em desenvolvimento como o Brasil. No decorrer do processo demográfico observa-se que os grupos etários mais envelhecidos estão assumindo a população residente de destaque em quantidade. Estes necessitam de aumento na demanda por atenção e cuidados, tornando-se cada vez mais pertinente o surgimento de um maior interesse pelos aspectos relacionados às novas formas assistenciais e ajudas que venham a facilitar e assegurar a sobrevivência dessa faixa etária. O presente estudo tem como objetivo fazer uma comparação entre os lares assistenciais para idosos no Brasil com as estruturas residenciais, assistidas ou temporárias, em Portugal. Para atingir este objetivo será realizado a caracterização do perfil sociodemográfico e antecedentes clínicos dos idosos mediante consultas ao prontuário médico. A metodologia a ser utilizada caracteriza-se como exploratório-descritivo, transcultural, com abordagem qualitativa e quantitativa, e que será realizada no contexto de uma instituição de acolhimento a idosos em duas cidades, uma brasileira, Maringá, e outra portuguesa, Lisboa, mediante coleta de dados primários. Desta forma, a relevância da presente pesquisa está na comprovação de que a sociedade está envelhecendo e que o envelhecimento, apesar de ser um processo natural é dotado de mudanças complexas no ser humano, necessitando de um acompanhamento próximo da sociedade e dos gestores do sistema de saúde, uma vez que muitos destes poderão ser institucionalizados. Mediante o processo de institucionalização, deve-se analisar se há existência de uma estrutura residencial humanizada, personalizada e que tenham em conta as reais necessidades específicas de cada situação. É necessário para o bom desenvolvimento da pesquisa, obter informações que possam subsidiar um estudo comparativo completo sobre situação e qualidade de vida dos idosos brasileiros e portugueses. Serão considerados os suportes oferecidos e o contexto social empregado, pontuando assim quais são as possíveis semelhanças e diferenças asilares no Brasil e Portugal, descrevendo quais os tipos de cuidados assistenciais prestados e analisando em qual dos países funciona melhor a relação envelhecimento e instituição de acolhimento. Ressalto que cuidados e critérios bem estabelecidos favorecem a promoção da saúde dos idosos.pt_BR
dc.languagepor-
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectIdosospt_BR
dc.subjectLares Assistenciaispt_BR
dc.subjectPromoção da Saúdept_BR
dc.subjectTransculturalpt_BR
dc.titleCONDIÇÕES DE SAÚDE E SUPORTE SOCIAL AO IDOSO INSTITUCIONALIZADO: ESTUDO COMPARATIVO DE LARES ASILARES NO BRASIL E PORTUGALpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.initialsUNICESUMAR-
Aparece nas coleções:IX Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica e II Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação 2018

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
veridiana_catelan_mainardes_2.pdfTrabalho apresentado na modalidade comunicação oral no IX Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica e II Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (23 a 26 de outubro de 2018)398.55 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.