EVENTOS Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica IX Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica e II Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação 2018
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/2028
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorOLIVEIRA, Letícia Vargas-
dc.creatorFIGUEIREDO, Milena Cardoso-
dc.creatorMARTINS, Heber Amilcar-
dc.date.accessioned2019-08-21T12:14:01Z-
dc.date.available2019-08-21T12:14:01Z-
dc.date.issued2018-10-23-
dc.identifier.isbn978.85.459.1280-4-
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/2028-
dc.description.abstractO objetivo do estudo foi avaliar a distribuição de frequência da incidência do Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade em escolares da rede pública do município de Cianorte no estado do Paraná, traçando o perfil do diagnóstico e farmacoterapêutico destes pacientes. Para este propósito, foram aplicados aos professores e pedagogos das escolas envolvidas no projeto, os questionários SNAP-IV e Perfil de Diagnóstico e Farmacoterapia, os quais foram respondidos espontaneamente mediante a assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE). Os dados coletados foram tabulados e analisados com o auxílio do software Epi Info™, empregando-se a análise de distribuição de frequência e o teste Chi-quadrado, com nível de significância de 95%. Todos os procedimentos foram analisados e aprovados pelo Comitê de Ética em Pesquisa da UniCesumar. Foram aplicados 49 questionários na cidade de Cianorte, sendo descartados deste universo amostral 7 casos, em função de envolverem crianças diagnosticadas com TDAH, mas que não estão sendo medicadas ou a escola desconhece a farmacoterapia, além dos casos em que os responsáveis optaram por não dar continuidade ao tratamento. Os resultados demonstram que o diagnóstico e a farmacoterapia estão apropriados na maioria dos casos levantados. Entretanto, revelam uma condição alarmante, considerando que haviam casos em que a criança com diagnóstico de TDAH não está submetida ao tratamento clínico e medicamentoso, além da falta de informação da escola sobre a dose utilizada pelos pacientes e como a condução da terapia está sendo realizada.pt_BR
dc.languagepor-
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectTDAHpt_BR
dc.subjectDiagnósticopt_BR
dc.subjectFarmacoterapiapt_BR
dc.titleAVALIAÇÃO DA INCIDÊNCIA DO TRANSTORNO DO DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE EM ESCOLARES DA REDE PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE CIANORTE NO ESTADO DO PARANÁpt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.initialsUNICESUMAR-
Aparece nas coleções:IX Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica e II Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação 2018

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
leticia_vargas_oliveira.pdfTrabalho apresentado na modalidade comunicação oral no IX Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica e II Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (23 a 26 de outubro de 2018)508.81 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.