EVENTOS EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica X EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (24 à 26 de Outubro de 2017)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/1164
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorJANSEN, Cler-
dc.creatorPADILHA, Maria Eduarda Perina-
dc.creatorPEIXOTO, M. L. Giuliana-
dc.creatorPIOVAN, Silvano-
dc.creatorZORZENON, Maria Rosa Trentin-
dc.creatorFERNANDES, Paula Gimenez Milani-
dc.date.accessioned2019-08-06T15:08:37Z-
dc.date.available2019-08-06T15:08:37Z-
dc.date.issued2017-10-24-
dc.identifier.isbn978-85-459-0773-2
dc.identifier.issn2594-4991
dc.identifier.urihttp://rdu.unicesumar.edu.br/handle/123456789/1164-
dc.description.abstractDiabetes melittus é uma doença característica da disfunção do metabolismo de carboidratos e a sua principal característica é o índice elevado de glicose no sangue, conhecido como hiperglicemia. Estudos demonstraram que a Stevia rebaudiana é uma planta rica em glicosídeos de esteviol com alto poder edulcorante e que possuem propriedades importantes. Além disso, alguns estudos vêm demonstrando que esta planta é fonte de antioxidantes naturais que podem ser importantes para o controle e tratamento da doença, dentre esses compostos estão compostos fenólicos e flavonoides. O suplemento proteico conhecido como whey, na forma isolada ou concentrada, possui diversas propriedades que podem atuar como adjuvantes no tratamento de síndromes metabólicas diabetes mellitus. O objetivo deste trabalho foi avaliar a ação insulinotrópica do whey protein isolado fortificado com uma fração de S. rebaudiana (0,2%), rica em compostos antioxidantes e livre de glicosídeos, em ratos diabéticos induzidos por estreptozocina suplementados por gavagem esofágica durante 35 dias. Foram atribuídos cinco grupos experimentais, ND (não diabético), DC (diabético controle), DI (diabético suplementado com o isolado), DF (diabético suplementado com a fração), DIF (diabético suplementado com o isolado+fração). A secreção de insulina foi determinada por radioimunoensaio. Os resultados mostraram que houve aumentos significativos do hormônio insulina nos grupos tratados, sendo o grupo DF o que apresentou resultados significativamente mais expressivos. Nos valores do grupo DIF pode ser observado que houve um incremento do efeito insulinotrópico do isolado. Esse estudo revelou que frações de estévia apresentam potencial de efeito aditivo ou fortificador de suplementos alimentares para pacientes diabéticos.pt_BR
dc.languagepor-
dc.publisherUNIVERSIDADE CESUMARpt_BR
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectDiabetespt_BR
dc.subjectFração antioxidante de estéviapt_BR
dc.subjectInsulinapt_BR
dc.subjectStevia rebaudianapt_BR
dc.subjectWhey protein isoladopt_BR
dc.titleEFEITO INSULINOTRÓPICO EM RATOS DIABÉTICOS TRATADOS COM WHEY PROTEIN ISOLADO E FORTIFICADO COM FRAÇÃO DE STEVIApt_BR
dc.typeArtigopt_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.initialsUNICESUMAR-
Aparece nas coleções:X EPCC - Encontro Internacional de Produção Científica (24 à 26 de Outubro de 2017)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
epcc--79857.pdfTrabalho apresentado na modalidade painel no X Encontro Internacional de Produção Científica (24 a 26 de outubro de 2017)382.61 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.